3 motivos para usar o WhatsApp Business na sua campanha

WhatsApp conta com 120 milhões de usuários no Brasil e é o meio mais fácil para levar uma informação para as mãos de um eleitor e fazer Marketing Político
Confira 5 motivos para migrar para o WhatsApp Business para fazer sua campanha política com sucesso - Foto: NordWood/Unsplash

Os resultado das eleições de 2018 mostraram como o WhatsApp pode ser uma ferramenta indispensável para o Marketing Político e campanhas políticas para ampliar o relacionamento com os eleitores e ganhar votos.

Com mais de 120 milhões de usuários no Brasil e dedicação de horas do dia na troca de mensagens em conversas privadas e grupos, o WhatsApp se tornou a maneira mais fácil de levar uma informação até as mãos das pessoas, sem precisar contar com a sorte de ela ser impactada no feed de alguma rede social. Enviou, o usuário é notificado e recebe.

E o melhor: o usuário não paga nada para receber ou até compartilhar a informação recebida, diferente do que acontecia com os SMSs – os torpedos.

Por conta disso, candidatos com maior estrutura, dentro e fora do período eleitoral, passaram a utilizar disparadores em massa, softwares ligados a diversos smartphones, com diferentes chips e uma base de contatos enorme para enviar automaticamente as mensagens.

Por não ser um serviço barato e fácil de operar, os disparos em massa de WhatsApp ficam mais restritos as grandes campanhas, mas mesmo assim, políticos e candidatos com orçamentos menores também podem utilizar o app com eficiência para se relacionarem com seus eleitores.

Um dos caminhos está no WhatsApp Business, voltado para empresas, mas que é gratuito assim como o comum e oferece mais possibilidades para uma boa campanha de marketing político.

Além de ter migração simples entre o comum e o Business – assista ao vídeo tutorial explicando como migrar – optar pela versão empresarial do WhatsApp tem muitas vantagens.

Com um bom cadastro de eleitores e a ativação deles para que possam ser colocados em listas de transmissão, – como mostro no vídeo acima – o WhatsApp Business pode ajudar na missão de como ganhar uma eleição com pouco dinheiro e ser eleito vereador.

Antes tudo, baixe gratuitamente o WhatsApp Business na Play Store (Android) ou na Apple Store (IOS).

Listei 3 motivos para você migrar para WhatsApp Business e incrementar sua campanha política:

1) Mensurar entregas e leituras

Uma das principais vantagens do WhatsApp Business é a possibilidade de mensuração de estatísticas. Além de verificar quantas mensagens foram enviadas e recebidas pelo usuário, é possível medir ainda quantas foram entregues, recebidas e lidas.

Com isso, medindo a cada campanha nova de conteúdo enviado, é possível mensurar a taxa de abertura, quais conteúdos funcionaram mais e o que compensa repetir para ter mais sucesso.

Para ter acesso as estatísticas:

1)Toque no ícone de três pontos no canto superior direito da tela

2) Em seguida, acesse a opção “Configurações”

3) Acesse a opção “Configurações da empresa”

4) Na janela seguinte, toque em “Estatísticas”

2) Organização dos contatos

Outra vantagem interessante do WhatsApp Business está na organização dos contatos por meio das etiquetas.

Com essas etiquetas, o candidato pode, por exemplo, organizar os contatos por bairro ou por tipo de demanda e trabalho.

Isso facilita a distribuição e customização, com materiais de campanhas diferentes para cada público. Por exemplo, um vídeo o conquista pode interessar para pessoas de uma bairro e não de outro.

Se eles forem marcados com etiquetas é mais fácil identificar os contatos que devem ou não receber a informação disparada, ou até montar grupos e listas de transmissão usando essas etiquetas como base.

3) Mensagens automáticas

Não é todo o tempo que se pode estar no WhatsApp e deixar um eleitor no vácuo, sem qualquer resposta ou posicionamento, por mais que esteja ocupado, pode significar até uma quebra de relacionamento.

O WhatsApp Bussines diminui a possibilidade desse problema acontecer com duas ferramentas integradas de automação de respostas.

Programando um horário onde não estará em funcionamento, é possível programar uma mensagem para, no caso de um cliente entrar em contato, enviar uma “Mensagem de Ausência”, que não necessariamente precisa ser de ausência.

É possível programar o envio de uma mensagem que diga “Já respondo”, com links das redes sociais, sites, blogs ou canais do candidato.

Também é possível programar uma “Mensagem de saudação”, que será enviada automaticamente para clientes que entrarem em contato com o candidato ou político pela primeira vez ou que estão a mais de 14 dias sem mandar qualquer mensagem para você.

Para configurar mensagens automáticas:

1)Toque no ícone de três pontos no canto superior direito da tela

2) Em seguida, acesse a opção “Configurações da empresa”

3) Acesse “Mensagem de Ausência” ou “Mensagem de Saudação”

4) Ative nos dois casos, defina as mensagens e os horários e casos, se sempre ou em casos específicos

Leia outros artigos sobre marketing político para vereador e tenha ideias de marketing para campanha política

3 ideias de marketing para campanha política no Instagram

3 ferramentas Google para ganhar uma eleição com pouco dinheiro?

2 dicas de Marketing Político candidatos de oposição e de situação nas eleições de 2020

5 erros do papel do vereador no marketing político da campanha

Como ganhar uma eleição para vereador com pouco dinheiro?

5 dicas para fazer um planejamento estratégico para campanha política

A eleição de 2020 já começou e você não percebeu

Como encontrar eleitores para a campanha de vereador

Marketing Político nas redes sociais: como criar e gerenciar páginas de candidatos?

Marketing Político: melhores posts para candidatos nas redes sociais

Quais são os melhores cursos de marketing político do Brasil?

Qual a diferença entre marketing político e marketing eleitoral?

Conheça os melhores profissionais do marketing político do Brasil

Marketing Político e Marketing Eleitoral: Qual a diferença?

Marketing Político no WhatsApp: como se comunicar com os eleitores?

Sobre Lucas Pimenta 31 Artigos
Lucas Pimenta é jornalista formado pela Universidade Anhembi Morumbi e com especialização em Marketing Político e Campanhas Eleitorais pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP). Trabalha na Câmara Municipal de São Paulo, atuou ainda na Secretaria Executiva de Comunicação da Prefeitura de São Paulo e na Secretaria Estadual da Segurança Pública de São Paulo. Foi repórter ainda em jornais como Metrô News, Folha Metropolitana e Agora São Paulo.

10 Trackbacks / Pingbacks

  1. Como se eleger vereador em cidade pequena com 3 dicas
  2. Como ganhar uma eleição para vereador com pouco dinheiro?
  3. 5 segredos para investir em Ads e ganhar eleição com pouco dinheiro
  4. Como usar o IGTV para ganhar uma eleição com pouco dinheiro?
  5. 5 dicas para saber se conteúdo é bom e ajuda a ganhar a eleição
  6. Como ser um vereador com um bom banco de dados para as eleições?
  7. Como empresas de redes sociais estão dificultando o marketing político?
  8. Três ações de marketing do Bolsonaro para utilizar em 2020
  9. Eleições 2020: vale a pena fazer transmissão ao vivo?
  10. Quais os políticos mais influentes nas redes e como se inspirar para 2020?

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*