Diplomação de Lula: o que é e qual a diferença entre diplomação e posse?

Diplomação de Lula: atendendo a um pedido do PT, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) antecipou a diplomação de Lula como candidato a presidente eleito. Mas o que é a diplomação? Qual a diferença entre diplomação e posse?

A diplomação serve para a Justiça Eleitoral atestar que Lula foi efetivamente eleito.

Inclusive, o penúltimo passo para isso também foi dado há dois dias, quando o Tribunal aprovou as contas de campanha de Lula e Alckmin e em seu relatório os declararam eleitos para os cargos de presidente e vice.

E foi por isso que o PT queria tanto a antecipação da diplomação, para tentar reduzir os impactos e minimizar os efeitos dos protestos na frente dos quartéis, que não reconhecem os resultados das eleições.

Mas, apesar da aprovação de contas e da diplomação, Lula só se tornará presidente com a posse, que está marcada para o dia 1º de janeiro.

Lula só vira presidente após a cerimônia de posse no Congresso Nacional, que é o ato oficial para isso, além de cerimônias como o desfile e o discurso dele, após subir a rampa do Planalto.

Até lá, Lula não será ainda o presidente do Brasil, mas após a diplomação se torna, indubitavelmente, do ponto de vista legal, o presidente eleito.

Recentemente, fiz um vídeo para o meu canal do YouTube, explicando a diferença entre a diplomação e a posse, o que é a diplomação de um eleito, o que é preciso para ele tomar posse e se é possível que um candidato que venceu as eleições e foi diplomado não seja empossado.

Também mostro no vídeo quais são as chances de Bolsonaro continuar na presidência e o que está previsto na Constituição, o que diz a lei sobre o atual presidente permanecer em seu cargo mesmo com Lula diplomado. Esse vídeo esclarece muitas dúvidas, em especial, daqueles que acreditam em teorias da conspiração.

Quer saber mais sobre diplomação de Lula e posse de Lula?

Sou autor do método “Como ganhar uma eleição com pouco dinheiro? 2.0”, um curso com mais de dez horas de videoaulas sobre marketing político nas redes sociais, além de 300 páginas de artigos e livros para ensinar você a fazer sua campanha.

Com aulas online, você pode aprender passo a passo, desde a criação e gestão de redes sociais de políticos, criação de posts políticos e conteúdos para candidatos até as estratégias mais modernas de anúncios, impulsionamento e tráfego pago na política.

Na primeira edição, em 2020, mais de 120 alunos do curso tiveram sucesso e foram eleitos vereadores aplicando o que aprenderam nas aulas.

Se você também quer ter sucesso e aprender tudo o que é preciso para ser eleito com pouco dinheiro, faça sua inscrição pelo valor promocional de R$ 99,99. Não é mensalidade. É o curso completo e o melhor curso de marketing político do Brasil pelo melhor custo-benefício.

Para aprender gratuitamente, com dicas diárias e aulas completas sobre marketing na política, me siga no Instagram e inscreva-se no meu canal do YouTube

Matricule-se no melhor curso de Marketing Político do Brasil!

Como ganhar uma eleição com pouco dinheiro? 2.0 está com inscrições abertas!
Curso