Ideias para campanha eleitoral: Veja 3 para seu marketing político de 2022

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Muitos candidatos querem atuar nas redes sociais, mas não fazem ideia do que postar para se conectar com os eleitores. Faltam ideias para campanha eleitoral e para dar qualidade ao Marketing Político visando 2022.

O primeiro erro é não entender qual é a dinâmica das redes sociais e como elas devem ser utilizadas por políticos.

Primeiro, é preciso entender que as pessoas, o eleitor, não entra nas redes sociais para ver políticos falando bem deles mesmos.

O cidadão comum entra nas redes sociais para se entreter, ou seja, se divertir, passar o tempo. Outro motivo é para conversar com quem não estar perto. Dar sua opinião e ser ouvido. E por último, aprender algo novo, a fazer algo que é importante para ele.

E mesmo assim, políticos acham que redes sociais são diários de adolescentes, onde eles devem postar aquilo que fazem ou com quem estiveram. Onde isso é divertido? Onde isso rende comentários? Onde isso ensina algo novo para o público?

Nada. Isso tudo é besteira e está longe de serem boas ideias para campanha eleitoral.

Então, o político tem que postar piadas ou vídeo bonitinhos? Não. O posicionamento e a narrativa são essenciais.

Contar histórias que levem o eleitor a pensar como você pensa e principalmente, fazer com que ele entenda que você é diferente de seus concorrentes e o que melhor o representa é indispensável.

Pensando nisso, separei três ideias de posts que você pode fazer nas redes e ter um Marketing Político criativo para 2022:

Mostrar conquistas e vitórias

Mostrar pedidos que viraram obras que estão beneficiando a população, ou ainda lutas que renderam frutos, como projetos sociais que transformam a vida das pessoas é essencial para qualquer candidato.

Mas, fazer isso somente para se vangloriar, falar bem de você mesmo, por mais que seja a conquista, pode não funcionar.

Por isso, use personagens, depoimentos de outras pessoas, ou ainda, formas divertidas de mostrar isso, usando transições, músicas, que façam essa comparação do Antes e Depois (veja o vídeo abaixo).

Construir posicionamento

Sua opinião, aquilo que pensa, defende ou combate é seu maior ativo. É por meio disso que o público se identifica e olha para você de forma diferenciada dos outros.

Muitos candidatos têm medo de opinar de forma contundente e isso é derrota na certa. Candidato sem opinião, sem lado, é um derrotado.

Mas além da opinião, você pode criar produtos ou peças interessantes, que entretenham o público e ao mesmo tempo, construam seu posicionamento, sem parecer chato ou só um vídeo qualquer falando sobre algo olhando para a câmera.

Aliás, mostrar quem é você, suas bandeiras e seus inimigos, sem esquecer de fazer isso de forma que prenda a atenção do público é o grande segredo para a conquista do voto.

Pedir votos

Tem gente que quer passar a campanha só pedindo voto. Isso não funciona. Eleitor nenhum vota em candidato que não o convence.

Por isso, torne o seu pedido de voto diferenciado. Mais que apenas falar o número, nome, cargo e/ou um slogan genérico, tosco, mostre e dê argumentos para o seu eleitor fazer essa escolha.

Mais uma vez, buscar entretê-lo, diverti-lo ou emocioná-lo, mesmo que seja para indigná-lo, funciona ainda melhor (veja o vídeo abaixo)

Fiz um vídeo no meu YouTube explicando de forma detalhada como funcionam essas três ideias para campanhas eleitorais e você também pode conferir (abaixo)

Matricule-se no melhor curso do Brasil!

Como ganhar uma eleição com pouco dinheiro? 2.0 está com inscrições abertas!
Curso