Marketing político e marketing eleitoral: qual a diferença?

Ao contrário do que se diz, a diferença entre marketing político e eleitoral não está no cliente ou produto, e sim, nas estratégias adotadas e nos objetivos
Muito se fala sobre marketing político e marketing eleitoral, mas qual a diferença entre os dois termos - Fotos: History HD/Unsplash

O baixo volume de literatura séria sobre o tema da comunicação política, em especial, no Brasil, como livros e pesquisas acadêmicas, criou uma dificuldade enorme na definição dos termos. A maior dúvida para quem se interessa pelo assunto é qual e se realmente existe diferença entre marketing político e marketing eleitoral.

Como ganhar uma eleição para vereador com pouco dinheiro? CLIQUE AQUI e Participe da maior comunidade de dicas e tutoriais gratuitos de Marketing Político e Marketing Eleitoral. Descubra ANTES DE CONTINUAR NESTE ARTIGO!

Conceitualmente, a diferença é clara. Marketing Político é o trabalho de estratégias de comunicação para construção de uma imagem política, de um detentor de mandato ou não – por mais que alguns discordem nessa parte. 

Por conta disso, os trabalhos de médio e longo prazo, de construir uma figura pública, com ideias e princípios, que tenha sua imagem identificada com um público e assim, eles se comuniquem, trocando informações e gerando sinergia, é considerado marketing político.

Muitos profissionais acreditam que se essa figura pública não for uma pessoa com mandato eletivo, ou seja, um prefeito, vereador, deputado ou senador, ela não faz marketing político ao usar estratégias de comunicação com o público para construir e fortalecer sua imagem. Essa visão técnica parte de que, para construir e vender a imagem de uma trajetória política seria necessário estar inserido no cenário político.

Um erro, já que a construção de uma imagem política com ações de comunicação permanentes de longo prazo, como amplamente debatido em outros artigos, é necessária para todos aqueles que tenham algum tipo de pretensão política, não só os já eleitos e as últimas eleições mostraram que o mais correto é que esse trabalho seja feito antes do período eleitoral.

Por isso, o conceito de marketing político vai além da comunicação de um político com mandato ou cargo e tem relação mais correta com o planejamento de longo prazo e ações permanentes de comunicação para a construção de imagem e identificação com o público, com base em estratégias.

Mas e o Marketing Eleitoral?

Como o próprio nome já diz, o Marketing Eleitoral é composto de série de ações e estratégias de comunicação voltadas para conversão em votos, especialmente, no período de campanha eleitoral. Difícil de entender a diferença né?

Por isso é tão importante entender que, acima da conceituação e definições, marketing político e marketing eleitoral são idealmente complementares para que sejam eficientes e por isso, a separação conceitual dos termos é tão complicada.

É possível que um trabalho de construção de imagem política de uma pessoa em médio e longo prazo, o chamado marketing político, não se converta em votos em uma eleição.

Também é possível que sem um trabalho de construção de imagem permanente, somente com o boom de um bom investimento na época de eleição, pedindo votos diretamente, o chamado marketing eleitoral, resulte em sucesso nas urnas.

Mas os resultados das últimas eleições, até mesmo no Legislativo, mostraram que aqueles candidatos que desenvolveram um trabalho de médio e longo prazo de comunicação, em especial, por meio das redes, tiveram mais sucesso nas urnas. Os mais votados para os cargos de deputado estadual e federal nas eleições de 2018 se comunicaram com seu público antes do período eleitoral e foram construindo suas imagens por um tempo, antes de se lançarem para disputar um cargo eletivo.

Leia outros artigos sobre marketing político para vereador e tenha ideias de marketing para campanha política

A eleição de 2020 já começou e você não percebeu

Como encontrar eleitores para a campanha de vereador

Marketing Político nas redes sociais: como criar e gerenciar páginas de candidatos?

Marketing Político: melhores posts para candidatos nas redes sociais

Quais são os melhores cursos de marketing político do Brasil?

Qual a diferença entre marketing político e marketing eleitoral?

Conheça os melhores profissionais do marketing político do Brasil

Marketing Político e Marketing Eleitoral: Qual a diferença?

Marketing Político no WhatsApp: como se comunicar com os eleitores?

Sobre Lucas Pimenta 31 Artigos
Lucas Pimenta é jornalista formado pela Universidade Anhembi Morumbi e com especialização em Marketing Político e Campanhas Eleitorais pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP). Trabalha na Câmara Municipal de São Paulo, atuou ainda na Secretaria Executiva de Comunicação da Prefeitura de São Paulo e na Secretaria Estadual da Segurança Pública de São Paulo. Foi repórter ainda em jornais como Metrô News, Folha Metropolitana e Agora São Paulo.

22 Trackbacks / Pingbacks

  1. Marketing Político: melhores posts para candidatos nas redes sociais
  2. Marketing Político nas redes sociais: como criar e gerenciar páginas de candidatos?
  3. Marketing político: quais são os melhores cursos do Brasil?
  4. Marketing Político: conheça os melhores profissionais do Brasil
  5. Marketing Político: a eleição de 2020 já começou e você não percebeu
  6. Marketing político no WhatsApp: como se comunicar com os eleitores?
  7. Como ganhar uma eleição para vereador com pouco dinheiro?
  8. 5 dicas para fazer um planejamento estratégico para campanha política
  9. Redes sociais e política: seguidores e curtidas não são votos
  10. Marketing Político: 3 erros do papel do vereador na campanha política?
  11. 2 dicas imperdíveis de marketing para candidatos de oposição e situação
  12. 3 ferramentas Google para ganhar uma eleição com pouco dinheiro?
  13. 3 ideias de marketing para campanha política no Instagram
  14. Como ganhar uma eleição com pouco dinheiro com 6 aplicativos?
  15. 3 ideias de posts para fazer marketing político no Facebook
  16. E-book revela segredos para fazer marketing político no Instagram
  17. Como se eleger vereador em cidade pequena com 3 dicas
  18. Como montar um discurso de vereador vencedor em 3 passos?
  19. 5 dicas para saber se conteúdo é bom e ajuda a ganhar a eleição
  20. Como ser um vereador com um bom banco de dados para as eleições?
  21. Como empresas de redes sociais estão dificultando o marketing político?
  22. Quais os políticos mais influentes nas redes e como se inspirar para 2020?

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*