Marketing Político e Marketing Eleitoral: como começar o seu?

Marketing Político e Marketing Eleitoral: como começar o meu? Essa é a pergunta que mais recebo, em especial, de pessoas que querem se candidatar pela primeira vez.

Muitos acham que precisam esperar chegar a campanha ou que somente quem está em cargo público ou já faz parte da política é que pode fazer marketing. Muito pelo contrário.

Quanto mais cedo você começar, mais eficiente será o trabalho. E quanto mais de fora da política for o futuro candidato, mais necessário será construir narrativa, reforçar posicionamento, amplificar a mensagem e formar público, ou seja, fazer marketing.

Aliás, já falei aqui sobre a diferença do que é Marketing Político do que é Marketing Eleitoral. Então, de forma geral, vamos mostrar como você pode começar sua campanha rumo à vitória em 2024 já agora.

Marketing Político e Marketing eleitoral: faça um planejamento

O primeiro passo para a vitória na política é ter um bom planejamento estratégico. Com base em dados levantados, pesquisas e análises do candidato e do cenário, você poderá traçar suas ações, objetivos e metas.

Já falamos muito aqui sobre como começar seu planejamento estratégico e as principais dicas para não errar. Recentemente, também disponibilizei uma aula completa e gratuita em meu YouTube, mostrando como fazer seu planejamento, inclusive, com exemplos práticos.

Sem um bom planejamento, você não vai saber o que fazer, quando fazer, onde quer chegar e quando quer chegar. Por isso, invista em construí-lo antes de começar.

Marketing Político e marketing eleitoral: crie os canais

Depois de concluir seu planejamento é essencial definir os canais que vai usar para se comunicar com o eleitor e isso vai além de dizer que será o Facebook ou o Instagram.

É necessário ser ominichannel, ou seja, estar em todos os canais ao mesmo tempo. Mas isso não significa estar em todas as redes sociais somente e sim, estar no máximo possível onde seu público está, com linguagem própria e eficiente para cada uma.

É melhor ter uma rede social ou um canal bem feito do que dez mal feitos. Por isso, pense bem em quais canais utilizará e como os utilizará da melhor maneira, afinal, cada um deles tem suas características.

Não adianta postar o mesmo conteúdo em todos os canais, da mesma forma e menos ainda, estar lá e não publicar ou construir mensagens com frequência e constância.

Já falamos e explicamos como criar e gerenciar páginas ou canais de políticos aqui.

Também pense em ir além do digital. Pense em outros canais presenciais e físicos, seja eventos ou materiais impressos, para falar com seu eleitor.

Esteja onde seu eleitor está e esteja bem ali, ocupe aquele espaço de forma estratégica.

Teste a mensagem! Bote a narrativa pra rodar

No fim, nada é mais importante no Marketing Político do que a mensagem, ou seja, o que você vai falar e como vai falar com seu eleitorado.

E ao contrário do que se pensa, não é quantidade de mensagens. É qualidade. E por isso, a questão do planejamento é tão importante.

A mensagem, a narrativa ou até os posts devem contar uma história única, uma tese para o seu eleitor, para que ele veja e possa encarar aquela como a verdade dela.

Mais que isso, entreter, divertir, emocionar ou chocar é essencial. Sem chamar a atenção do eleitor, você pode ter as melhores propostas, as melhores opiniões e ideias, ele não vai parar para ver o que você tem a dizer.

Outra coisa importante está no posicionamento. Segundo Philip Kotler, posicionamento é a soma de segmentação e diferenciação. Ou seja, escolher ou ter um grupo específico de eleitores, um segmento ou nicho e mostrar para essas pessoas que você é diferente dos concorrentes.

Recentemente, disponibilizei em meu canal do YouTube, uma palestra sobre produção de conteúdos nas redes sociais de políticos e candidatos que mostram um passo a passo para construir as melhores mensagens.

Em relação ao entretenimento, também disponibilizei uma palestra completa que fala sobre microvídeos, TikTok e Reels na política para que você entenda como entreter e divertir seu eleitor ao mesmo tempo que leva sua mensagem a ele.

Faça impulsionamentos e invista em você

Se você não investir dinheiro e recursos em você e principalmente, para levar sua mensagem para mais pessoas, não vai adiantar nada.

Seja nas redes ou presencialmente, não existe almoço grátis. Em especial no digital, as plataformas entregam seu conteúdo orgânico apenas para um parcela pequena dos seus seguidores e sem investir em anúncios, você não vai falar com ninguém. Já falamos sobre isso aqui.

A vantagem de investir em anúncios nas redes sociais é que eles são baratos e eficientes. É possível entregar seu conteúdo para milhares de pessoas com apenas R$ 7 e melhor: as pessoas certas. É possível segmentar para, por exemplo, seu conteúdo alcançar pessoas só de um gênero ou de idades ou locais específicos.

E não precisa esperar a campanha para investir em anúncios nas redes sociais. A legislação permite que o candidato faça impulsionamentos durante a pré-campanha, ou seja, em qualquer momento.

Mas claro que, para fazer anúncios políticos da forma correta, é necessário cumprir uma série de etapas. Recentemente, fiz um vídeo no meu canal do YouTube mostrando todo esse processo, passo a passo.

Mas não existe só as redes sociais. Você pode e deve investir para organizar eventos, reuniões e até produzir jornais e folhetos para mostrar seu trabalho e sua opinião, com o objetivo de levar você para mais pessoas e em diferentes canais ou formatos.

Quer saber mais sobre Marketing Político e Marketing Eleitoral?

Sou autor do método “Como ganhar uma eleição com pouco dinheiro? 2.0”, um curso com mais de dez horas de videoaulas sobre marketing político nas redes sociais, além de 300 páginas de artigos e livros para ensinar você a fazer sua campanha.

Com aulas online, você pode aprender passo a passo, desde a criação e gestão de redes sociais de políticos, criação de posts políticos e conteúdos para candidatos até as estratégias mais modernas de anúncios, impulsionamento e tráfego pago na política.

Na primeira edição, em 2020, mais de 120 alunos do curso tiveram sucesso e foram eleitos vereadores aplicando o que aprenderam nas aulas.

Se você também quer ter sucesso e aprender tudo o que é preciso para ser eleito com pouco dinheiro, faça sua inscrição pelo valor promocional de R$ 99,99. Não é mensalidade. É o curso completo e o melhor curso de marketing político do Brasil pelo melhor custo-benefício.

Para aprender gratuitamente, com dicas diárias e aulas completas sobre marketing na política, me siga no Instagram e inscreva-se no meu canal do YouTube

Matricule-se no melhor curso de Marketing Político do Brasil!

Como ganhar uma eleição com pouco dinheiro? 2.0 está com inscrições abertas!
Curso