Quem vai ganhar as eleições 2022? Lula ou Bolsonaro?

Quem vai ganhar as eleições? Lula ou Bolsonaro? Essa é a pergunta que milhares de pessoas estão fazendo e uma torcida que também está envolvendo outros milhares de militantes.

Afinal, essa é a eleição mais disputada da história. Uma eleição diferente entre um atual presidente e um ex-presidente. Os dois muito populares. Ambos despertam amores e principalmente, ódio.

As pesquisas não diminuem as expectativas. Os números que já tiveram uma vantagem enorme para Lula foram se afunilando e agora, são de quase empate entre os dois candidatos.

Mas isso todo mundo sabe. Então, afinal, quem vai ganhar as eleições 2022? Lula ou Bolsonaro?

Quem vai ganhar a eleição 2022? Lula ou Bolsonaro?

Recentemente analisei as tendências dessas últimas semanas da campanha, como estão os movimentos, as estratégias e o que pode mudar nos próximos dias, além das chances de Lula e Bolsonaro de vencerem a disputa, com base em dados estatísticos que as TVs não mostram.

Também analisei o primeiro dia de propaganda eleitoral dos candidatos a presidente em meu canal do YouTube e falei sobre as estratégias de cada um e o foco das narrativas nessa eleição.

Também, recentemente, fiz uma análise com previsões do que aconteceria e quem vai vencer as eleições de 2022. Você pode ver essa análise completa abaixo.

Esse vídeo (acima) é continuação de outra análise recente que fiz sobre o panorama, cenário e conjuntura das eleições 2022. O primeiro vídeo da série está aqui embaixo para que você tenha toda a linha de raciocínio.

Lula vai ganhar as eleições?

Lula já teve as eleições em suas mãos. Em junho, segundo o Datafolha, a diferença entre os dois era de 19 pontos percentuais. O tempo passou, a campanha de Lula pouco agiu e Bolsonaro reduziu impostos e logo, o preço sobre a gasolina, além de ter aumentado o Auxílio Brasil em R$ 200.

Atualmente, na média das pesquisas, a diferença entre os dois é de 7 pontos percentuais. Considerando o shy voter, ou eleitores envergonhados, além da margem de erro, o cenário é de quase empate entre os dois.

A grande vantagem de Lula está entre os mais pobres, as mulheres e o Nordeste. É a larga vantagem nesses públicos que ainda mantém Lula na frente, mas essa diferença vem caindo nesses públicos.

Com a propaganda eleitoral, a tendência é que Bolsonaro, podendo falar sobre realizações, reduza essa diferença.

Lula precisa focar em questões de interesse nesse público e também, forçar o voto útil dos eleitores de Ciro Gomes, se quiser vencer.

Sem isso e com a distância reduzindo, Lula poderá perder parte desses eleitores mais pobres, que vão entender a narrativa de Bolsonaro de que foi ele quem aumentou os benefícios sociais e irá mantê-lo.

Lula precisa mostrar que fará mais que o concorrente a esse público, porque por mais que ele ganhe nessa faixa, se Bolsonaro, ao menos, reduzir a diferença, poderá vencer nas outras.

Bolsonaro vai ganhar as eleições?

O momento é ascendente para Bolsonaro, mas ainda não como ele esperava. O maior inimigo do atual presidente é o tempo, curto, e ele mesmo.

No último debate ao entrar em atrito com a jornalista Vera Magalhães pode até ter aumentado sua rejeição no público feminino, o que é péssimo para ele.

Bolsonaro precisa recuperar espaço entre as mulheres. Por isso, já tem colocado a primeira dama em seus programas eleitorais, falado de ações para o público feminino e ao mesmo tempo, reduzido o tom em algumas questões, apesar das escorregadas.

O atual presidente, por exemplo, não tem tratado de temas que interessam muito sua base fiel, como STF e urnas eletrônicas, e tem se concentrado no aumento do Auxílio Brasil.

Isso é importante para que ele reduza a vantagem de Lula entre os mais pobres e o Nordeste. Sem reduzir essa diferença, por mais que ganhe em outras regiões, de forma apertada, não vencerá as eleições.

A Bolsonaro cabe tirar dele a pecha de radical, colocar em Lula e mostrar que ele também pode ser o pai dos pobres. O arquétipo de herói de 2018, com pautas de valores, não colará em 2022.

Quer saber mais sobre quem vai ganhar as eleições 2022? Lula ou Bolsonaro?

Sou autor do método “Como ganhar uma eleição com pouco dinheiro? 2.0”, um curso com mais de dez horas de videoaulas sobre marketing político nas redes sociais, além de 300 páginas de artigos e livros para ensinar você a fazer sua campanha.

Com aulas online, você pode aprender passo a passo, desde a criação e gestão de redes sociais de políticos, criação de posts políticos e conteúdos para candidatos até as estratégias mais modernas de anúncios, impulsionamento e tráfego pago na política.

Na primeira edição, em 2020, mais de 120 alunos do curso tiveram sucesso e foram eleitos vereadores aplicando o que aprenderam nas aulas.

Se você também quer ter sucesso e aprender tudo o que é preciso para ser eleito com pouco dinheiro, faça sua inscrição pelo valor promocional de R$ 99,99. Não é mensalidade. É o curso completo e o melhor curso de marketing político do Brasil pelo melhor custo-benefício.

Para aprender gratuitamente, com dicas diárias e aulas completas sobre marketing na política, me siga no Instagram e inscreva-se no meu canal do YouTube

Matricule-se no melhor curso de Marketing Político do Brasil!

Como ganhar uma eleição com pouco dinheiro? 2.0 está com inscrições abertas!
Curso